4 tipos de meditação que irão mudar sua vida:  budista, hare krishna, transcendental, yoga

4 tipos de meditação que irão mudar sua vida: budista, hare krishna, transcendental, yoga

Cresce a cada dia a busca por mais saúde e bem-estar, e uma das formas de atingir a tão sonhada qualidade de vida é por meio da meditação.

O que poucas pessoas sabem é que existem diversos tipos da prática, o que torna possível encontrar um estilo que esteja mais de acordo com o seu perfil.

1 – Meditação transcendental

A Meditação Transcendental, ou MT, é uma técnica muito simples, natural e profunda que não exige qualquer esforço, concentração ou controle da mente, além de ser muito agradável de se praticar e não envolver crenças, dogmas ou alteração do estilo de vida – o que acaba atraindo muitas pessoas.

O principal intento é chegar à fonte dos pensamentos, o que ajuda muito. Para isso, cada pessoa recebe um mantra individual. Esse mecanismo, assim como outros tipos de meditação, altera o organismo e a mente, trazendo ótimos resultados.

Por agir diretamente em nosso sistema nervoso, a Meditação Transcendental é muito eficaz na redução de problemas como: Depressão, Ansiedade, Insônia e Síndrome do Pânico, além de reduzir riscos de AVC, Hipertensão e Infarto. Estes e muitos outros benefícios estão comprovados por mais de 600 estudos científicos publicados.

2 – Meditação yoga

Há vários estilos de Yoga. Quando se fala em Yoga pensa-se primeiro em posturas e meditação, mas a prática vai muito além disso.

Com a proliferação dessa técnica milenar, diversos estilos e nomes surgiram. Mesmo que diferentes entre si, todas as linhas seguem oito recomendações, que levam a um estilo de vida, devendo ser respeitados durante as práticas do Yoga, que são:

  • Yamas:viver seguindo um padrão de conduta moral e ético na vida
  • Nyama:autodisciplina e ações positivas
  • Ásanas:posturas físicas e a busca do equilíbrio entre mente, corpo e espírito
  • Pranayamas:controle da respiração em busca da estabilidade
  • Pratyahara:mergulho na consciência, aspectos internos em busca da meditação
  • Dharana:estado de concentração sobre algo para realizar o processo meditativo
  • Dhyana:meditação, estado de contemplação
  • Samady:a consciência plena, a libertação final, controle total.

 A Yoga tem práticas de controle de pensamentos que podem se aliar muito à prática da meditação, potencializando os resultados.

Além disso, não podemos esquecer que existem muitos exercícios respiratórios que ajudam a equilibrar as emoções e a energia, uma técnica muito importante para quem quer ter bons resultados quando medita.

3 – Meditação budista

É quase possível afirmar que o primeiro contato de muitas pessoas com a meditação venha do budismo, pois a religião foi a responsável por introduzir o assunto de modo mais incisiva.

O Budismo tem um foco no controle da respiração e repetição de mantras. Tudo isso com o objetivo de trazer o praticante para o foco na vida presente, desligando-se dos desejos humanos.

A prática é inspirada em Buda e visa transformar as mentes negativas em positivas, explorando sentimentos como amor, paz e compaixão.

4 – Meditação hare krishna

Podemos dizer que é uma ótima meditação para quem acorda bem cedo, já que as pessoas se reúnem para meditar em conjunto, normalmente, pela manhã.

É nesse momento que entoam o Mahamantra (“Hare Krishna, Hare Krishna, Krishna Krishna, Hare Hare, Hare Rama, Hare Rama, Rama Rama, Hare Hare”), que entoa os vários nomes de Krishna — um famoso deus hindu. Há quem entoe 1.728 vezes.

Hare é uma invocação à energia divina, já a palavra Krishna significa a Suprema Personalidade de Deus. Rama, por sua vez, é outro nome de Deus, que significa “o reservatório de prazer, a bem-aventurança, a felicidade eterna”.

Enquanto canta, a pessoa deve mentalizar a seguinte prece: “Ó Senhor Todo-Atrativo! Ó energia do Senhor! Por favor, ocupai-me no Vosso serviço!”.

Os seguidores acreditam que a recitação do maha-mantra é o processo mais simples e agradável para ligar-se a Deus, libertando a mente das aflições terrenas – medos, angústia, apegos.

Fonte: Meditação transcendental,Eu sem fronteiras,Buda Virtual

Deixe um comentário